Suspeita de bomba mobiliza o GATE e interdita avenida da praia em Santos, SP

Avenida da praia, em Santos, é interditada para verificação de um suposto artefato explosivo — Foto: Nirley Sena/A Tribuna JornalAvenida da praia, em Santos, é interditada para verificação de um suposto artefato explosivo — Foto: Nirley Sena/A Tribuna Jornal

Avenida da praia, em Santos, é interditada para verificação de um suposto artefato explosivo — Foto: Nirley Sena/A Tribuna Jornal

Um objeto desconhecido, suspeito de ser um explosivo, mobilizou as equipes da Polícia Militar, na manhã deste sábado (16), em Santos, no litoral de São Paulo. O objeto foi deixado em frente a uma galeria na avenida Presidente Wilson, que foi interditada. O Grupo de Ações Táticas Especiais (GATE) detonou a suposta bomba e descobriu, por fim, que se tratava de um simulacro.

Segundo informações da Polícia Militar, por volta das 8h30, moradores viram o objeto e se preocuparam com o suposto artefato, que estava na calçada e próximo a um ponto de ônibus. A corporação foi acionada e interditou a avenida da praia, em ambos os sentidos.

Ainda de acordo com a PM, o objeto imitava bananas de dinamite amarradas com fios de computador e cobertas com uma fita adesiva marrom. O Grupo de Ações Táticas Especiais (GATE), responsável por checar esse tipo de ocorrência, foi acionado e se encaminhado para o local.

Por volta das 11h, equipes do GATE chegaram na avenida da praia e iniciaram os trabalhos. Com uma roupa especial, os policiais retiraram o objeto da calçada e levaram para a faixa de areia, onde foi detonado. Depois, a Polícia Militar verificou que se tratava de um simulacro, ou seja, a imitação de um explosivo.

Polícia apura se objeto é um artefato explosivo, no bairro do Gonzaga, em Santos — Foto: Nirley Sena/A Tribuna JornalPolícia apura se objeto é um artefato explosivo, no bairro do Gonzaga, em Santos — Foto: Nirley Sena/A Tribuna Jornal

Polícia apura se objeto é um artefato explosivo, no bairro do Gonzaga, em Santos — Foto: Nirley Sena/A Tribuna Jornal

Equipes do GATE foram acionadas e verificam se o objeto é um artefato explosivo — Foto: Nirley Sena/Atribuna JornalEquipes do GATE foram acionadas e verificam se o objeto é um artefato explosivo — Foto: Nirley Sena/Atribuna Jornal

Equipes do GATE foram acionadas e verificam se o objeto é um artefato explosivo — Foto: Nirley Sena/Atribuna Jornal

Fonte: https://g1.globo.com/sp/santos-regiao/noticia/2019/02/16/suspeita-de-bomba-mobiliza-o-gate-e-interdita-avenida-da-praia-em-santos-sp.ghtml

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *